Desilusão numa vitória


Enquanto escrevo, o meu animo está completamente em baixo.

Mas vamos começar pela síntese do jogo.

Benfica ao contrário do que é habitual não entrou bem, sendo que os primeiros 10 minutos foram do Feirense. Até que o Benfica acordou e entrou no jogo, começando por um livre marcado por Gaitan, a dar uma chance a Nolito que este não soube aproveitar.

No entanto, fê-lo 4 minutos mais tarde, após um cabeceamento do "Tacuara" a desmarcar o Argentino, e este a inaugurar o marcador. Nolito entrou na história do Benfica naquele momento, pois bateu o recorde de Eusébio (5 golos em 5 jogos)e pode ainda estabelecer um novo já contra o Twente.

A partir dai o Benfica instalou-se com sucesso no meio campo do Feirense. Tão bem que recuperava as bolas sem precisar de descer qualquer jogador…

Até ao final da primeira parte o Benfica foi desperdiçando oportunidades flagrantes de golo, ora por iniciativas individuais ora por jogadas colectivas.

Na segunda parte a história foi completamente diferente. Feirense entrou, dominou e… continuou a dominar.

O Benfica não tinha qualquer ligação entre os diferentes sectores, com especial foco entre o meio campo e o ataque.

Á imagem do que nos temos habituado esta época, vimos o Benfica tremer… tremer… e o adversário a ficar cada vez mais próximo do golo. Até que, inevitavelmente (e com um pingo de justiça), o Feirense fez o empate.

O Benfica só voltou a acordar com a entrada de Witsel mas nem isso deu vida suficiente à equipa para voltar a dominar o jogo.

Até que numa jogada que já nos habituamos a ver, Maxi Pereira com garra foge ao adversário, empurra a bola até à linha do fundo e mete-a nos pés de Cardozo, que não perdoou e fez o 2-1.

Minutos depois, entra Bruno César para o descanso de Aimar.

Benfica voltou a cair e a ser dominado. Feirense esteve várias vezes próximo do golo mas (felizmente) não o concretizou.

Numa jogada individual de grande qualidade, Bruno César mostra o porquê da sua alcunha "Chuta chuta" e num potente remate cruzado faz o melhor golo da noite, carimbado assim a vitória das Águias para descanso dos Benfiquistas.


O titulo deste post reflecte aquilo que muitos de nós sentimos. Até agora tinham havido "desculpas", ou se quisermos, motivos para a má qualidade de jogo do Benfica. Ou era porque a defesa estava desfalcada, ou era porque os jogadores não estavam em forma…

Mas hoje não foi isso que aconteceu. JJ voltou a cair no erro de deixar Javi sozinho no meio campo defensivo, e pagamos por isso durante largos minutos. A equipa perdeu todo o animo no intervalo e deixou-se encostar pelo Feirense.

Sim, o Sport Lisboa e Benfica, vencedor de 32 campeonatos, 24 Taças de Portugal e 2 TCE, com um dos melhores planteis da sua história (quantos tinham tantas opções válidas?) em plena Luz… deixou-se encostar e dominar (outra vez nesta época) pelo Feirense, recém promovido à 1ª liga.

Ora… qualidade não falta. Temos 5 fora de série (Aimar, Witsel, Gaitan, Nolito, Maxi), 3 jogadores experiente e seguros (Luisão, Javi, Cardozo), um grande guarda-redes (Artur), um campeão mundial e Europeu (Capdevila) e um outro defesa de enorme qualidade, Garay.

Se qualidade não falta aos nossos jogadores, há algo que está mal. A qualidade da equipa técnica.

JJ desiludiu este jogo. Cometeu outra vez o erro de deixar Javi desapoiado e deixou a equipa ser encostada e dominada por um 11 que ainda há uns meses estava a jogar na liga orangina.

O que se passa com JJ? Não aprende com erros? Tem falta de amor a este clube? Tem necessidade de provar que a "sua" táctica-maravilha (4-1-3-2) resulta?

Sinceramente não percebo, assim como não percebo a insistência com o Saviola, em prejuízo para jovens jogadores (o espaço que Saviola ocupa, servia para Urreta).

Só sei que, ou JJ atina, ou arrisca-se a entrar numa onda de maus resultados e exibições tão negativas que já não passa do Natal. O que é triste, dada a qualidade deste plantel.

Esperemos que seja só uma má fase e que a equipa não se deixe dominar mais desta maneira.


NOTA: As arbitragens estão cada vez piores… em claro prejuízo dos rivais directos do f.c.p. Talvez esteja na altura de Benfica e Sporting se voltarem a unir, e com um bocado de sacrifício, mandarmos todas as estruturas corrompidas abaixo.

FORÇA BENFICA!!


3 comentários:

Carlos Covas disse...

Ha quanto tempo anda o Jesus a errar sem que consiga modificar a sua maneira de pensar. Chego muitas vezes a duvidar da sua sanidade mental e ou o homem e burro que nem uma porta ou entao esta no benfica de ma fe. Quer ele chegue ao Natal ou nao, quem saira prejudicado sera o benfica uma vez mais e se calhar, se o presidente se pusesse de pe com ele talvez o homem nao abusasse tanto dos socios como de proprio clube. ja chega de tanta asneira e quem vai pagar as favas da incompetencia sera o benfica sem que ninguem se ponha ao alto com ele.

domingo, 21 de agosto de 2011 02:59:00 GMT+1
Anônimo disse...

Assino por baixo este post.
A teimosia e/ou incapacidade de JJ de aprender com os erros vai dar maus resultados a curto prazo. Ontem houve sobretudo sorte e existe um lance do Javi Garcia que podia perfeitamente ter resultado em castigo máximo. Que desperdício deste plantel... pérolas a porcos, é o que é!

domingo, 21 de agosto de 2011 10:08:00 GMT+1
ZéPedro disse...

duas ou três exibições mais fracas e o mundo vem abaixo, calma pessoal, pensem dos três grandes se alguém tem jogado melhor que o SLB, pois é, não têm.

terça-feira, 23 de agosto de 2011 12:10:00 GMT+1

Postar um comentário